topbella

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Onde está o sofrimento? Não o consigo apanhar!



Devo ser muito fria... - ou o tempo ensinou-me a ser - nem me sinto triste e deprimida. Porque é que não estou a chorar e a berrar que nem um bezerrinho triste e abandonado? Fiquei frígida da alma? Do corpo não fiquei de certeza.
Só penso em seguir em frente. Porque é que numa cidade com inúmeras oportunidades devia eu ficar em casa a chorar o leite derramado? Chorar por alguém que não me merece parece-me completamente estúpido e despropositado ainda assim não é o que o mundo todo faz quando alguém nos parte o coração? Eu não devo ter um... Não me sinto ferida, humilhada, acabada, uma merda, não o odeio, não me sinto superior nada dessas coisas descabidas que as pessoas sentem ou fazem quando terminam um relacionamento. Sei que foi melhor assim, ele não ia mudar e no fim fez me um favor, ambos merecemos alguém diferente - puff é só a maneira educada de dizer que ambos merecemos melhor, Ok. Eu mereço melhor e ele merece alguém do nível dele ah ah ah!
Ele é porreiro mas há coisas que já não é suposto estarmos a ensinar a um homem de 30 anos... deixa de ser engraçado. Com essa idade já queremos que ele esteja ensinado e se quer mudar - um homem não muda o sue carácter jamais, pode mudar os seus hábitos com certeza -então também tem de aprender a aceitar quem somos e a amar-nos, Love me or leave me! Bem... ele deixou-me. Acho que havia duas grandes disparidades entre nós, o sexo era bom mas não era suficiente eu queria mais e ele não tinha pedalada, eu não sabia se isso era suficiente para mim e se podia viver com isso. Ele é egoísta e só vê números, eu por enquanto trabalho em part-time apenas e não tenho pedalada para o acompanhar em tudo o que ele quer e lhe apetece, jantares, festas e viagens - mas a minha situação é temporária ;) ah ah ah anyway isto sou eu a imaginar mas conhecendo o como conheço acho que isso contou o que revela uma falta - ou falha inadmissível - de carácter imenso, também que não devia gostar muito de mim, podia gostar mas gosta mais do dinheiro.
Tive uma longa conversa com os meus patrões, são a coisa mais parecida que tenho com amigos aqui e são pessoas tão espectaculares que nem há palavras para descrever, disseram que certas coisas que ele fazia eram simplesmente inadmissíveis e revelavam uma extrema falta de civismo. Para além de que como é óbvio todas as pessoas me fizeram sentir um bocado estúpida por ter andado e gostado de uma pessoa assim, acho que gosto de pessoas que me tratem como uma insignificância... embora continua a dizer que não, eu acho que gosto! Eles podem dizer que gostam de mim e isso basta eu não quero saber que os seus actos revelem precisamente o oposto e eu sei que revelavam e constatava-o, quando somos amadas nós sabemos quando não o somos também sabemos. Talvez por isso não doa tanto, eu sei que não vale a pena sofrer por coisas assim, se tenho de sofrer que seja por alguém que me ame, sofrer por pessoas que não estão interessadas no nosso sofrimento não faz o mínimo sentido eles não nos vão ligar mesmo a perguntar como é que estamos, vão? Vou sofrer para quê, porquê e para quem? Sofrer assim seria muito patético.

Acabou e eu sinto-me aliviada. Essa é que é essa!

________
Quadro: Wassily Kandinsky "Keine Freuden" , 1913

4 comentários:

Cinderela frustrada disse...

Eu sei como é tudo que está sentindo, também me sinto assim, mas só uma tristeza pra expressar o que sinto em palavras. Força aí, princesa

Nortenha disse...

Ainda estás de certo modo apática com tudo o que se passou. É normal. Mas também é muito cedo para se fazer um balanço de tudo. Espero que a cada que passe te sintas mais livre e aliviada. Beijinho grande :)

P.s.: Tu tens um jeito para a escrita...

Nortenha disse...

Claro que é muito sim :) Pessoas como tu são as que me dão força e acredita que esse apoio é o que me faz não sucumbir. Agradeço-te imenso :) :* Espero que estejas bem também.

Maria Miguel disse...

Não sei se te lembras de mim. De qualquer maneira... renovei o blog para o mesmo sentimento de começar de novo... A Perfeição Existe. Ring a bell ? MAria Mi ? Maria Miguel? Bem espero que sim. kisses*

Enviar um comentário