topbella

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Já sinto a tua falta.

"Não sabia se me estavas a tentar matar ou fazer amor comigo."

Mas foi ele que me acabou por dar um tiro hoje...

Não importa ter corrido que em uma louca ontem com quase -20ºc porque o menino tinha de de ir ver apartamentos - andar rápido, sim andar rápido... eu para acompanhar o andar rápido dele tenho de fazer jogging - não importa ter de ceder constantemente e depois de ter dito que não queria acabar por ir jantar com N pessoas que não conheço e esperar para voltar a casa após a meia noite onde as temperaturas já se tinham tornado inexplicáveis! Voltamos a correr, e desta vez tive de o acompanhar a correr - missão impossível! - por um comboio que nunca iríamos conseguir apanhar mas que ele ignorava e teimava que sim porque sim, o meu coração ia parando, sim eu tenho problemas de coração e se ele sabe ignora. Óbvio que passei mal.
As coisas podem sempre piorar. No caminho para casa caí e quase parti o tornozelo - como devem calcular com este frio esta merda é como andarmos sob gelo - felizmente só ganhei um joelho roxo - não aguentei mais chorei, chorei. Ele correu comigo ao colo mas depois parou aquilo doía-me ainda mais. Mas ele estava com tanta pressa que acabava sempre por me deixar para trás e eu com o medo, frio e dores desatava a chorar - desta vez não me incomodei em esconder, chorei!
Tinha pedido para chamarmos um táxi, disse mesmo que o pagaria, não era a primeira vez que o fazia, já tinha pago uns ridículos 80€ (mais coisa menos coisa) por um porque uma vez o menino estava bêbado e decidiu chamar. Agora expliquem-me porque é que o meu namorado que ganha quase 10 vezes mais que eu me faz passar por coisas destas?
Que ele não entenda que eu sou diferente, que eu sou uma mulher frágil, que ele seja uma besta e nada cavalheiro, que ele não me tenha dado prenda de Natal... agora forretice tem limite.

Tentei explicar-lhe que ele não podia continuar a colocar-me em certas situações, ele "Oh tu estás sempre a reclamar de mim!" eu acho que ele tem problemas por resolver com a mãe dele e disse-lhe que eu não lhe estava a cobrar nada simplesmente precisava que ele me entendesse e me desse atenção, claro que lhe deu o sono e adormeceu enquanto eu estava a tentar desabafar - entretanto tinha aberto uma garrafa de vinho para mim e foi com ela que me deixou - que raio de pessoa faz isto??? Ele faz me sempre isto, sempre que eu tento falar de mim ele fica com sono, porque durante o fim de semana precisa de relaxar, mas está sempre a falar dele e dos seus problemas, mas eu não tenho o direito de estar a passar por uma fase fodida.

Chorei tanto, liguei a minha Mãe e depois a uma amiga minha de Portugal que por acaso é casa com um doido como eu, já a conheço há muitos anos - a Demoiselle D'avignon - uma das coisas que ela me disse foi, faz como o Beatle (chamemos assim o marido dela) quando começamos a viver juntos ele sempre que não tinha sono decidia que eu também não tinha. E verdade seja dita, se há coisa que eu não suporto é que aquele camelo não tenha a decência de foder comigo, pelo menos, antes de ficar cansado é que se ele quer ficar cansado pode ficar, mas que fique por um motivo que se prese, decidi que o ia ter.

Naturalmente, eu só namoro com anormais, e este tem o hábito de dormir a ouvir uma coisa pavorosa, uma espécie de ruído medonho do além, pelo menos, quando eu durmo lá ele faz o favor de usar phones. Fui para o quarto e lá estava ele com aquela merda - não me lembro de muita coisa, eu estava tão bêbada, mas como um bom bêbado que se prese eu achava que não - enfiei-me debaixo dos cobertores e saltei para cima dele, arranquei-lhe os phones e disse-lhe qualquer indecência, lembro-me que ele me tirou de cima dele e voltou a tentar pôr aquilo - este gajo deve estar a gozar comigo!!!!! E estava. Coloquei a minha mão entre as pernas dele - ai se aquilo não estivesse como eu queria, eu matava-o! Sacaninha... estava lindo, perfeito, duro.
Não me lembro muito bem do que se passou para ali, mas foi muito agressivo, somos por norma assim, mas desta vez foi melhor.

Vou sentir saudades dele... hoje acabamos.



‎"Como uma mulher pode vir a ser feliz com um homem que insiste em tratá-la como se ela fosse um ser humano perfeitamente normal."
Oscar Wilde



Não pode... :(

3 comentários:

Dory disse...

somos duas. *

Nortenha disse...

Lamento que a relação tenha terminado assim... nem sei que dizer... :(
Beijinho grande!

Cat disse...

Não percebo pq namoravas com ele?! não te deu prenda de natal?? q raio é isso...de certeza mereces melhor, manda-o passear p bem longe.

Enviar um comentário